Menu superior

18 julho 2011

MULHERES DO TRÁFICO

O número de mulheres no tráfico e no mundo do crime vem crescendo por uma questão simplesmente amorosa.  Muitas das mulheres que estão vínculadas ao submundo do tráfico, inicia-se essa vida por uma relação amorosa, mulheres dona de boca de fumo, que chefiam o tráfico começa essa vida ao lado de seus companheiros, se tornando uma comparsa para as polícias. Os presídios comprovam esse fato, mulheres que estão presas por diversas situações criminosas de fato são levadas por seus namorados e maridos, juntam-se a eles e assim, promovendo uma união criminosa e que no final não tem final feliz, algumas delas são presas, outras mortas pelo próprio conjugue ou por gangues rivais e sendo presas. Essa e a realidade do mundo da venda de drogas e dos estelionatários (as) e do crime em geral. 
Não estou aqui afirmando que a culpa é dos homens, mas, existe uma parcela de culpa ao indentificar que essas mulheres são levadas por eles. Por seus pais, irmãos e namorados. Jovens, se deslumbram com o poder, com dinheiro fácil e com a falta de pespectivas. 

Hoje em Lauro de Freitas, mataram Kelly Ciclone. A jovem e bela foi assassinada com 6 tiros. Ela foi namorada de um tráficante, depois de ser preso ela assumio o controle de algumas ações. Kelly teve apoio de uma mídia sensacionalista de um programa pobre de idéias, que utiliza a míseria alhei para ter audiência. 
Ela como tantas outras mulheres, foi vítima de sua decisão de escolha. Kelly como outras mulheres que são levadas ao mundo do crime por seus namorados, maridos, parentes e companheiros.

3 comentários:

  1. Não acredito que tenha sido por situações amorosas e sim por status e algo em troca sempre, dinheiro,a própria droga e além do envolvimento pelo qual motivo chegou ao final da sua vida, que só Deus mesmo para salvar. Ela, bonita, jovem, com família, e esqueceu do melhor amigo, (Deus), Ele sim está conosco sempre, que o coração dos seus familiares sejam confortados,e sempre há uma saída! Deus abençoe sempre amém.

    ResponderExcluir
  2. Mari,entendo o argumento e informações,mas discordo do caminho q conduz ao tráfico,com certeza o relacionamento com traficantes,na grande maioria eh fruto(resultado) do consumo indiscriminado de drogas,...vender o corpo....,se aproximar do "dono da boca" ostentar status de "bandida",isso sim,leva as jovens mulheres,ou as vezes nem tão jovens assim,a cometer a "burrada" de serem mais uma na estatística.Qto ao papel da mídia,basta apenas chorar..rsrsrs(brincadeira)a cada dia a tv aberta,tah mais podre...Acredito q pensar em um modelo de TV Pública,com a experiência da TELESUR,pode sim..ajudar a encontrarmos um caminho.

    ResponderExcluir
  3. Diogo Azevedo Dias23 de julho de 2011 07:31

    Adimiro vc por estar sempre em busca de novos desafios ..creio que esse website seja seu...gostei dos textos ..sinto um pouco de feminismo em parte ..mais ..nada que nao deixe bem clara a opinião de uma pessoa inteligente e ligada nas atualidades..beijão amiga!

    ResponderExcluir